Estacionamentos para bicicletas

Estacionamentos para bicicletas – as estruturas indispensáveis

Estacionamentos para bicicletas – as estruturas indispensáveis para o desenvolvimento da bicicleta em Portugal

Quando se fala de mobilidade urbana de bicicleta, pensamos antes de mais no desenvolvimento de ciclovias.  Essas são de facto umas infra-estruturas indispensáveis para aumentar a utilização da bicicleta elétrica ou convencional, dentro dos centros urbanos. Dão segurança às pessoas que são relutantes a andar de bicicleta no meio do trânsito.

Mas para além das ciclovias, as outras estruturas indispensáveis são claramente os estacionamentos para as bicicletas.

Departamento Corporate da Ebikelovers

Nesta ótica a Ebikelovers desenvolveu um departamento Corporate – www.e-bikeloverscorporate.com – através do qual oferece soluções empresariais para agilizar a transformação e transição para uma mobilidade sustentável nas empresas e instituições que, como nós, são preocupadas com a problemática e os novos desafios ambientais. A mobilidade suave faz parte da solução e a Ebikelovers Corporate está a apostar, como sempre, na implementação de produtos funcionais de alta qualidade para um resultado resistente a longo prazo.

Tipos de estacionamentos para bicicletas mais frequentes

O estacionamento para carros encontra-se em toda a cidade, planificada outrora para acolher e facilitar o acesso aos visitantes nos seus automóveis. É por vezes muito complicado encontrar um local para estacionar a sua bicicleta agarrada a um posto para o efeito, deixá-la dentro de um bicicletário aberto e ainda ainda mais complicado num abrigo fechado. Embora haja uma tolerância por parte das Autoridades, não se deve, em princípio, estacionar a sua bicicleta em qualquer zona pública. Deve se utilizar estacionamentos específicos para bicicletas. 

 

Quais são os tipos de estacionamentos mais frequentes?

Suportes para bicicletas

Clique na foto

O estacionamento em  U invertido é o posto mais simples para estacionar a sua bicicleta. Existe de vários tipos, material, tamanhos, etc… O mais importante é poder agarrar a sua bicicleta em dois pontos distintos do posto. No entanto, estes postos para bicicletas deveriam servir exclusivamente para paragens curtas de dia 

 

 

 

Clique na foto

O Estacionamento para bicicletas cobertos abertos: permitem uma melhor proteção das bicicletas, não apanham sol nem chuva ou vento, podem levar câmaras de vigilância, iluminação e painel informativo. Existem também estação de recarga de bicicletas elétricas que podem ser incorporados nestes abrigos para bicicletas

 

 

 

Clique na foto

 

O estacionamento para bicicletas cobertos e fechados: estes bicicletários são claramente os mais seguros. Podem ser fechados com chave, digicode, serem individuais ou coletivos, usar energia solar para a iluminação e inclusive para recarregar bicicletas elétricas.

 

 

 

Ciente do obstáculo que isso representa para o crescimento dos utilizadores de bicicleta, a Câmara Municipal de Lisboa está a desenvolver um programa de implementação de Estacionamentos de Bicicletas na cidade dos mais simples para paragens rápidas até aos mais sofisticados, fechados e utilizando a energia solar. Outras cidades em Portugal estão a seguir o mesmo caminho. 

Para localizar estes pontos de segurança partilhamos a ferramenta colaborativo Cidade Ciclável disponibilizada pela MUBI (Associação para a Mobilidade Urbana em Bicicleta). Esta fantástica aplicação web de utilização muito simples permite visualizar um mapeamento dos bicicletários das cidades, mas não só… o melhor é mesmo visitar o site para comprovar https://cidadeciclavel.mubi.pt/ e guardar nos favoritos!

 

Ebikelovers Team

administrator

Post a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *