travões

Que travões escolher numa bicicleta eléctrica para Lisboa ?

A qualidade dos travões é um elemento frequentemente esquecido aquando da escolha de uma e-bike, porém trata-se de um ponto tão importante quanto a motorização do veí­culo.

Quando acostumado a uma bicicleta convencional , o ciclista nem sempre considera a velocidade de uma e-bike e o papel fundamental do sistema de travagem. Os fabricantes propõem hoje sistemas especificamente desenvolvidos para a utilização de e-bikes.

Que tipo de travões são instalados nas e-bikes ?

Diferentes tipos de travagem estão em principio montados nas e-bikes :

  • Discos mecánicos (Por exemplo a Tektro)
  • Discos hidráulicos (Magura MT4 ou MT5, …)
  • Travões V-brake (junto a roda) mecánicos com pastilhas (Magura)
  • Travões V-brake (junto a roda) hidráulicos com pastilhas (Magura)

Tal como as bicicletas convencionais , as e-bikes foram durante muito tempo equipadas com travões mecánicos com pastilhas standards, tipo V-Brake. É evidente que a utilização peculiar das e-bikes obrigou os fabricantes a proporem sistemas de travões adequados.

Porque privilegiar a potência nas e-bikes ?

A potência dos travões numa e-bike traduz-se na sua capacidade de resposta em qualquer circunstancia.

Assim, os fabricantes doravante consideraram características tão importantes como :

  • Velocidade média mais elevada
  • Peso total
  • Utilização mais regular
  • Utilização em qualquer condição atmosférica
  • Subidas e descidas de Lisboa
  • Stop and Go frequentes no tránsito das cidades

Em Lisboa, a velocidade média numa e-bike é contí­nua. Em contrapartida, o caminho pelo qual o ciclista circula faz com que possa ser confrontado com obstáculos que apareçam bruscamente. Uma travagem potente lhe permitirá travar suficientemente e a tempo para evitar o obstáculo.

Uma e-bike pesa em média entre 22 e 24 kg. Visto andar por volta dos 20 km/h, os travões devem oferecer uma potência para travar ou parar o veí­culo que pode transportar uma cadeira de criança, sacolas ou um reboque.

As e-bikes são mais frequentemente utilizadas que as bicicletas não motorizadas. Os fabricantes consideraram este ponto concebendo sistemas de travões mais robustos para as e-bikes, permitindo dar resposta a travagens mais regulares.

Quando andamos de bicicleta, dependemos da meteorologia. Neste caso, os travões de discos oferecem as melhores garantias porque a chuva, o lodo e condições atmosféricas húmidas não alteram a potência de travagem, ao contrário de travões mais básicos.

Quais são os travões mais fiáveis para as e-bikes ?

Os travões mais seguros têm frequentemente um aspeto mais robusto, para assim proteger os mecanismos internos.

Hidráulicos V-brake com pastilhas Magura HS11 et HS33

Não precisam de uma mudança de oléo frequente, travam sob qualquer condição climática, são simples de regular e as suas pastilhas têm uma ótima duração de vida. Como prova de fiabilidade, equipam numerosas bicicletas de viagem que têm percorrido o mundo desde os anos 80.


Hidráulicos Shimano Deore M495

Ergonómicos e progressivos, estes modelos são dos mais divulgados no mundo. Os sistemas de travagem Shimano é conhecido por serem dos mais fiáveis. Peças individuais encontram-se facilmente e a sua manutenção é bastante económica.


Travões com pastilhas V-Brake Shimano Deore T610

Fabricados com metais rígidos, aliado com um mecanismo simples, estes travões são uma excelente alternativa aos sistemas hidráulicos. São suficientemente rígidos para travar uma e-bike e têm uma ótima duração de vida.

Mesmo se um sistema de travagem é fiável, a sua verificação e manutenção devem ser realizadas por um profissional. Se uma mudança de pastilhas e patins pode ser feita em casa, a verificação do sistema hidráulico, mudança de cabos, entre outros, precisa de um profissional qualificado. Dispõr de um sistema de travagem num impecável estado de funcionamento é um critério fundamental aos olhos da lei para quem circula de bicicleta em geral.

A melhor escolha de travões para uma e-bike

Os melhores sistema de travagem de e-bikes devem reunir os seguintes critérios :

  • Potência para travar a e-bike em qualquer circunstancia
  • Progressivo para parar progressivamente
  • Ergonómico para ser adequado aos seus hábitos
  • Fiáveis e robustos como elemento de segurança

A importancia dada a cada critério é própria à  utilização de cada um, é por isso recomendado testar diferentes sistemas afim de compreender qual o sistema ideal para o seu tipo de condução em e-bike.

João Silva

administrator

Post a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *