Estacionamentos para bicicletas

Estacionamentos para bicicletas : Onde os colocar e com que finalidade ?

Estacionamentos para bicicletas : Onde os colocar, com que tamanho e qual finalidade ? 

Existem várias maneiras de pensar o estacionamento de bicicletas e a escolha de uma ou outra configuração / tipologia vai depender de vários critérios que vamos passar a explicar.

 

Zonas intermodais: estacionamentos de grande porte

É muito importante prever pontes de ligação entre os vários meios de transporte para aumentar o número dos chamados «  commuters  » , isto é, as pessoas que utilizam total ou parcialmente a bicicleta como meio de transporte casa-trabalho.

Estamos a falar de saídas de metros, paragens de autocarros ou linhas de comboio , em geral a última estação da linha para fazer ligação entre as zonas peri-urbanas e o centro da cidade. Na prática, os residentes nas periferias das cidades vão de casa até à estação de comboio / metro de bicicleta e precisam do sítio para deixá-la durante o dia até fazer o caminho inverso à noite.

É claramente o local ideal onde se deve implementar estacionamentos de grande dimensão, cobertos e idealmente fechados, pois as bicicletas vão ficar bastante horas longe dos seus proprietários. Estes estacionamentos de grande porte devem comportar mais de 100 a 200 lugares de estacionamentos para bicicletas, ou seja o equivalente de aproximadamente 10 a 20 carros.

 

Zonas residenciais:  Abrigos fechados

Um dos maiores obstáculo de quem pretende utilizar a bicicleta como meio de transporte é a questão do estacionamento à noite. Muitas pessoas , e sobretudo nos centros das cidades, não têm um abrigo fechado ou moram em pisos elevados. Para este tipo de situação, o ideal é o cacife fechado que se pode alugar ao mês ou ao ano. Este cacifo pode ser partilhado com outros utentes. Para uma utilização de eficiência máxima, estes cacifos devem ser colocados em vários pontos estratégicos da cidade para que cada utilizador não esteja a mais de 400 metros do seu domicílio. 

É um equipamento que se pode também colocar na zona de condomínio  de um prédio (convém relembrar que 35% dos roubos de bicicletas são realizados nas partes comuns dos edifícios e não na rua!). 

Este abrigos podem levar ou não um sistema de recarga para bicicletas elétricas. Estes cacifos fechado de 12 lugares de estacionamento ocupam o mesmo espaço que lugar para um carro.

 

Zonas de escritórios: Estacionamentos de médio porte

Nas zonas de escritórios é preciso estacionamentos de médio porte (20/50 bicicletas) abertos, cobertos e vigiados (câmara ou outro sistema), pois a duração média de estacionamento será de algumas horas (7/8 horas). Idealmente, deveria estar na zona de estacionamento/parque de cada empresa que possui lugares de estacionamento para os colaboradores que circulam de carro.

 

Zonas de comércios: Estacionamentos leves

Na zonas de comércios, o objetivo é de proporcionar aos utilizadores de bicicletas, meios de estacionar durante paragens curtas (para fazer compras). Idealmente, suporte para bicicletas em U espalhados nas ruas comerciantes de forma a facilitar a vida de quem anda de bicicleta.

 

Outras regras elementares de implementação do estacionamento para bicicletas:

A colocação de um novo mobiliário urbano para bicicletas deve obedecer também à outras regras básicas para assegurar a sua maior eficácia, segurança e rentabilidade do ponto de vista dos utilizadores mas também de quem os pagou, nomeadamente:

  • O estacionamento não deve causar obstrução ao fluxo de pedestres
  • O estacionamento deve ser colocado num sítio idealmente vigiado por câmaras, ou pelos menos bem iluminado e à vista de toda a gente
  • Deve ser bem calculado o espaço realmente necessário no chão 
  • Fazer uma estimativa de 1 bicicleta por m² é uma boa indicação (nenhum ciclista gosta de deixar a sua bicicleta apertada ao lado de outras).

 

 

 

Ebikelovers Team

administrator

Post a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *